SdevLab – Curso | Aprenda Jommla 3.x Online

Eae galera,

No post de hoje, trago a vocês um curso de Joomla na versão 3.x. A história é a mesma das publicações anteriores: os posts são o resultado de um material didático que preparei para um curso que ministrei na época da faculdade. Então, vou postar mais um curso aqui nos próximos dias (o último finalmente)!

OBS: O “curso” foi planejado para autodidatas, não é como na sala de aula que quando você não entende pode simplesmente levantar a mão e fazer uma pergunta. Aqui no nosso curso quem não entender algo, pode (e deve) usar o recurso do comentário!

Curso de Joomla 3.x

joomla

Aulas do Curso

Para quem estiver interessado, segue abaixo um roteiro de tutoriais que foi preparado para quem não entende nada do assunto e deseja saber o básico sobre Joomla (versão 3.x).


História do Joomla (Wikipedia)

Joomla! (pronuncia-se djumla) é um dos principais sistemas de gestão de conteúdo da atualidade (Content Management System – CMS). A separação entre design, programação e conteúdo permite uma grande flexibilidade na produção de sites com design extremamente customizados. Além disso, existem milhares de templates prontos que agilizam o processo de criação de sites com rapidez e menor investimento.

O Joomla! é utilizado para o desenvolvimento de lojas virtuais, blogs, revistas online, portais de conteúdo, jornais, catálogos de produtos/serviços e diversos outros formatos de conteúdo. Isso é possível devido à grande diversidade de extensões – 10.071 mil – que permitem agregar novas funcionalidades com rapidez e eficiência. Possui versões em 64 idiomas e 2,8% dos sites da internet utilizam o Joomla!. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor Web Apache ou IIS e base de dados MySQL.

É um projeto de código aberto (licença GNU/GPL) e a sua última versão estável é a 3.4.3 (em 01 de Julho de 2015); a sua última versão legada é a 1.5.26. O Joomla! recebeu em 2011 o prêmio de melhor CMS Open Source.

O Joomla nasceu como resultado da separação entre a equipe de desenvolvedores do Mambo e a empresa Miro, detentora dos direitos sobre o Mambo. A separação teve lugar uma vez que a Miro transferiu o controle do Mambo para uma fundação – a Mambo Foundation – onde os desenvolvedores teriam apenas uma participação passiva e pouco representativa. Esses desenvolvedores, preocupados com a integridade do projeto e com o futuro dos utilizadores, não aceitaram a transferência e, em 2005, criaram o “Joomla 1.0”, também “open source”, a partir do código-fonte do Mambo 4.5.2.

Boa sorte nos estudos, e se qualquer dúvida ou sugestão aparecer, deixe um comentário!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s